Churrasco é saudável? Como fazer um churrasco fitness

Muitas pessoas gostam de churrasco, mas muitas vezes são desencorajadas a desfrutar desta deliciosa refeição por pensarem que ele seria prejudicial à saúde. 

No entanto, é possível ter um churrasco saudável e saboroso ao mesmo tempo. 

Neste artigo, você aprenderá como preparar um churrasco saudável e equilibrado, sem comprometer o sabor.

A primeira coisa a considerar é a escolha das carnes. 

Churrasco saudável | dica #1 — escolha bem os alimentos

O mundo pode ter mudado muito, mas até onde eu chequei da última vez, a base do churrasco ainda são as carnes.

Nesse aspecto, carnes magras e saborosas podem te ajudar muito.

E não estamos falando de bife de patinho, bem passado.

(Que morte horrível.)

E sim de carnes como maminha e alcatra, ou mesmo cortes de porco.

São opções superiores, por exemplo, a carnes como paleta e cupim.

Estas carnes terão mais proteínas e menos gordura, o que assegura uma boa relação proteína-energia no alimento.

E facilita o seu emagrecimento, saciedade e saúde.

Você também pode comer peito de frango, e peixe, por exemplo.

E evitar carnes processadas, como salsichas e linguiças, que são ricas em sódio e conservantes.

Caso você não coma carne — por exemplo, caso siga uma dieta low-carb vegetariana — você pode apostar em vegetais e legumes baixos em amido.

Algumas opções maravilhosas incluem abobrinha, berinjela, e abóbora: todas elas ficam maravilhosas para fazer na grelha.

Churrasco saudável | dica #2 — fuja dos vilões invisíveis

Falamos sobre as carnes e legumes, mas agora é hora de falar dos “vilões invisíveis” do churrasco.

Estamos falando de alimentos típicos de churrascos, mas que facilmente aumentam sua ingestão calórica, e podem prejudicar sua saúde e emagrecimento a longo prazo.

Entre esses vilões, podemos citar o pão de alho, a farofa e a maionese. 

Embora sejam acompanhamentos muito saborosos, eles são ricos em calorias e pobres em nutrientes. 

Esses alimentos podem contribuir para o aumento do peso corporal, além de aumentar o risco de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares.

O pão de alho é um dos acompanhamentos mais populares em churrascos. 

No entanto, é rico em calorias, carboidratos e gorduras, tornando-se um alimento pouco saudável. 

Além disso, muitas vezes o pão de alho é feito com ingredientes processados, como margarina e queijo, que contêm grandes quantidades de gordura saturada e sódio.

Algumas opções mais saudáveis e baixas em carboidratos existem — como o pão de alho low-carb

Ele é superior? Sim. 

Mas note que mesmo o pão de alho low-carb não é “liberado”, pois contém bastantes calorias, e pouca proteína.

A farofa é outro acompanhamento muito comum em churrascos. 

Feita com farinha de mandioca e geralmente misturada com bacon, cebola e outros ingredientes, a farofa é rica em gorduras e carboidratos. 

Além disso, a farinha de mandioca tem um índice glicêmico alto, o que significa que pode levar a picos de açúcar no sangue e aumentar o risco de doenças crônicas.

A maionese também é um vilão invisível do churrasco. 

Embora seja um ótimo acompanhamento para saladas e sanduíches, a maionese é rica em gordura, colesterol e sódio.

E pior: geralmente é feita com óleos vegetais refinados, que são péssimos para a saúde.

Uma alternativa poderia ser você fazer sua própria maionese caseira fit — neste caso, ela levaria azeite, ou ovos, ou mesmo abacate (são várias opções de receitas), mas todas melhores do que os óleos inflamatórios das maioneses comerciais.

Em vez deles, consuma temperos mais saudáveis — como azeite de oliva, ervas frescas, ou ervas secas, cebola, tomate, pimenta, e vinagrete (sem óleo de soja, por favor).

Churrasco saudável | dica #3 — escolha as melhores bebidas

Por fim, dentre os vilões, temos a tradicional cervejinha do churrasco.

O lado ruim é que, apesar de ser tradicional, e ser uma das bebidas mais consumidas em eventos desse tipo, isso não significa que ela seja saudável.

A cerveja é rica em calorias e carboidratos, o que pode levar a um aumento de peso se consumida em excesso.

(Parte do problema é justamente a questão da quantidade: poucas pessoas vão a um churrasco e consomem apenas uma latinha de cerveja.)

Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas em geral pode levar a uma desidratação, o que pode aumentar a sensação de sede e levar ao consumo de ainda mais cerveja. 

No entanto, há opções mais saudáveis e igualmente saborosas para acompanhar o churrasco. 

Além da boa e velha água, temos a água de coco, que também é refrescante e hidrata, e a água saborizada (por exemplo, água com gás, gelo e limão) — sem contar os diversos chás gelados que você pode fazer ou mesmo comprar prontos.

Até mesmo o refrigerante diet — que não é exatamente um exemplo de saúde — pode ser uma boa opção para quem quer algo com sabor, porém sem calorias.

O próprio kombucha tem benefícios, e é uma opção menos calórica e mais saudável do que a cerveja.

O importante é lembrar que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser moderado, e que é possível desfrutar de um churrasco delicioso sem prejudicar a saúde.

Churrasco saudável — conclusão

Todas estas dicas ajudam você a tornar seu churrasco mais saudável, sem perder o sabor.

Por um lado, sair da dieta (e consumir a cerveja, e a farofa, e o pão de alho) de vez em quando não sera um problema.

Por outro, se você é louco por churrasco (como nós!) e deseja comer churrasco com grande frequência, estas medidas vão te ajudar a tornar esta refeição melhor e mais saudável.

Assim você conseguirá desfrutá-lo com mais frequencia, sem deixar de lado a sua saúde.

Afinal de contas, comer carnes e legumes na grelha — a própria definição de churrasco — é sim algo saudável.

Geralmente, o problema está nos acompanhamentos. 

E, com estas dicas, você consegue facilmente tornar seu churrasco uma refeição aliada da saúde e da boa forma física.

Ricardo Santos

Meu nome é Ricardo Santos, tenho 25 anos sou desenvolvedor de sites Wordpress, amante de futebol e atualmente trabalho com SEO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *